Por que devemos cantar alto os santos nomes?

  Certa vez, na vila de Harinadi, um brahmana arrogante, ao ver o grande santo Haridasa, dirigiu-lhe a palavra de forma ofensiva. Ele disse: “Por que você canta os santos nomes tão alto?”
 

Haridasa respondeu: “Ó brahmana, por favor, tente entender que quando qualquer entidade viva – seja ela um humano, um animal terrestre ou aquático, um inseto ou uma ave – ouve o santo nome sendo cantado por um devoto puro do Senhor, ela, ao deixar seu corpo, vai diretamente para Vaikuntha, o mundo espiritual. No Srimad-Bhagavatam (10.34.17), o vidyadhara de nome Sudarshana ora: ‘Ó Senhor, quando Seu nome é cantado por um devoto que é puro, tendo sido purificado pelo contato com Seus pés de lótus, e esse santo nome é ouvido por alguma entidade viva, ele pode purificar imediatamente tanto quem o canta quanto quem o ouve’. Espécies inferiores, como os animais terrestres, as aves e os insetos e vermes, não têm habilidade para cantar o nome do Senhor. Todavia, simplesmente por ouvirem o santo nome de Hari, elas podem se liberar. Por meio do cantar silencioso do nome do Senhor Krishna com japa, a pessoa libera a si mesma. Contudo, uma pessoa que canta o nome do Senhor em voz alta, em sankirtana, liberta todos aqueles que ouvirem. Por essa razão, por beneficiar a todos, as escrituras estabelecem que o cantar do nome do Senhor em voz alta é mil vezes melhor.”
 

O que é Gopastami ?



   Festival dedicado ao Senhor Krishna e as vacas. Neste festival, os devotos oferecem um
respeito especial para as vacas por sua utilização na vida diária. Vacas fornecem o leite que ajuda no cumprimento da exigência nutricional das pessoas como uma mãe. É por isso que as vacas são consideradas sagradas e adoradas na religião hindu como uma mãe. É um dia importante para os devotos mostrarem respeito e gratidão às vacas por fornecer um alimento tão especial. As pessoas visitam a estábulo para banharem as vacas, decorar com panos e joias antes de oferendas especiais feitas pelos devotos. Neste dia, Sri Krishna puja (adoração a Krsna) e Gow Puja (adoração as vacas) são realizados juntamente com pradakshina (doação) para adquirir bênçãos para uma vida boa e feliz.

 
Essa cerimônia foi organizada por Nanda Maharaj para Krishna e Balarama, quando foram levar as vacas para pastar pela primeira vez em Vrindavan. Neste festival, o amor de Krishna pelos bezerros e pelas vacas é retratado muito bem. Raddha, queria levar as vacas para pastar, mas foi negado por ser uma menina. Então, ela se disfarçou de menino vestindo dhoti para acompanhar Krishna no pastoreio das vacas juntamente com seus companheiros de brincadeiras. O festival é celebrado no oitavo dia do mês de Karthik.

Onde encontrar Krsna bhakti?


Onde se encontra Krsna bhakti? Onde se encontra Krsna prema? Em que lugar pode ser encontrado? Em algum templo? Em alguma divindade do Senhor? Krsna bhakti, Krsna prema só pode ser encontrado no coração do devoto puro, em nenhum outro lugar. Então, por que dar tanta importância ao externo? Será que alguma instituição pode conceder Krsna prema? Não, esse poder só tem o sadhu genuíno, o devoto bhagavat, o vaisnava puro. Temos de tentar servir honestamente e sem inveja ao devoto puro do Senhor, agradá-lo, e só assim Krsna prema se manifestará em nossos corações. Nesta transação não vale nada externo, nem templo, nem instituição, nem anos de serviço, só vale nossa sincera rendição  a essa alma pura. Srila Guru Maharaj (Srila Sridhara Maharaj) nos ensina isso a cada momento da sua vida.
Palavras de Srila B.S. Govinda Dev Goswami Maharaj

O sannyasa de Sri Srimad Bhakti Prajnana Kesava Gosvami Maharaja.


   
Sri Vinoda-Bihari Brahmacari, primeiro entre os discípulos de Srila Prabhupada, mais tarde se tornou bem conhecido pelo nome OM Visnupada Sri Srimad Bhakti Prajnana Kesava Gosvami Maharaja. Porque ele tinha uma compleição dourada, sua mãe e todas as senhoras locais deram-lhe o apelido de Jonah (vaga-lume).

  Assim como um leão (Kesari) é suave com seus filhotes e feroz com os que podem prejudicá-los, ele era carinhoso com aqueles que sinceramente aspiravam a Verdade e rugia como um leão quando alguma filosofia errônea ameaçava a sua passagem segura para o mundo espiritual.

Iniciação de sannyasa

  Em 1941, Srila Vinodabihari Brahmacari Kritiratna Prabhu (chamado de Vinod por seu Gurudeva)
ou Srila Kritiratna, que significa "aquele cujo cada ato e realização são uma jóia”, estava dormindo quando durante a última parte da noite, ele sonhou que Srila Prabhupada (Srila Bhaktisiddhanta) colocou a mão em seu ombro direito, e falou com ele em voz grave, dizendo: "Até agora você não tomou  sannyasa. Hoje eu estou dando sannyasa a você". Em seu sonho, a cerimônia de sannyasa completa ocorreu, e quando a cerimônia acabou Srila Prabhupada instruiu Srimad Bhaktisaranga Goswami Maharaja para chamar "Sri Kesava Maharaja ki jaya!"  O Jaya-Dhvani (som) era tão alto que Kritiratna Prabhu acordou.  Ele falou a seus irmãos espirituais superiores sobre o sonho e eles ficaram felizes por voltar a encontrar 'Kesava' entre os 108 nomes sannyasa.

  Kritiratna Prabhu levou este assunto muito a sério e prometeu aceitar sannyasa no próximo dia santo de Bhadra Purnima em Katva, onde Sriman Mahaprabhu aceitou sannyasa.  Assim, no Purnima Sri Vinodabihari Brahmacari aceitou sannyasa em Katva, pelo método pancaratric de Samskaradipika, do querido discípulo de Srila Bhaktisiddhanta Sarasvati Prabhupada, Srila Bhaktiraksaka Sridhara Gosvami, o transcendental escritor, poeta e filósofo.

 
Srila Sridhara Maharaja
Seu sannyasa-nome foi anunciado para ser Tridandisvami Sri Srimad Bhakti Prajnana Kesava Gosvami Maharaja. Pujyapada Srimad Bhaktibhudeva Srauti Maharaja exerceu as funções sacerdotais da cerimônia e instruiu os brahmacaris como colocar a kaupina e o pano exterior. Srila Sridhara Maharaja recitou o sannyasa-mantra.  Assim, a vestimenta de sannyasa e nome de sannyasa dado por Srila Prabhupada no sonho tornou-se uma completa realidade.

   Ele  estabeleceu o Sri Kesavaji Gaudiya Math no dia do desaparecimento do jagad-guru OM Viṣṇupāda Srila Bhaktisiddhanta Sarasvati Goswami Prabhupada, em 13 de dezembro de 1954.
O antigo Kesavaji Gaudiya Matha de 1954
 

O dia em que Srila Prabhupada aceita Sannyasa.


  Então ele veio aqui para Mathura para vender seus medicamentos, e nesse meio tempo eu lhe questionava: “O que você está fazendo? Você não veio a este mundo para vender remédios. Você é um representante de Krsna e Mahaprabhu. Você deve se lembrar de quem você é, e aceitar sannyasa. Você é um amigo de meu Gurudeva (Sri Srimad Bhakti Prajnana Kesava Gosvami Maharaja) um amigo do peito! Ele está prestes a chegar em cerca de quatro ou cinco dias, por isso, esteja preparado para receber sannyasa”. Muni Maharaja estava aqui, e naquela época ele tinha cerca de noventa e cinco anos de idade. Ele disse a Srila Bhaktivedanta Swami Maharaja (Srila Prabhupada): “Se você receber a ordem renunciada, então eu receberei com você”. Desta forma, ele lhe inspirou muito.

 
Srila Kesava Maharaja
 Meu Gurudeva disse, “Oh, agora é o melhor momento para receber a ordem de sannyasa. Você não deve temer. O que era para ser feito já foi feito. Sua esposa lhe deixou, seus filhos lhe deixaram, e todos o abandonaram. Sua riqueza desapareceu e agora você é como um mendigo de rua”. Ele se preparou e aceitou sannyasa no meio da sala, na frente das Deidades. Sua própria Deidade, Mahaprabhu, está aqui também com Radha Krisna, a Deidade de Jhansi.

  Eu fui o sacerdote. Eu preparei sua danda, uttariya (pano superior de sannyasi), e todos os outros itens; e eu lhe ensinei a usá-los. Embora ele fosse muito mais velho que eu e meu siksa-guru, eu também me tornei seu siksa-guru nisso:  como receber sannyasa e como usar todos esses apetrechos.

  O kirtana foi realizado por Srila Krsna dasa Babaji Maharaja e Sesasayi Prabhu, e tantos outros estavam cantando: “Hare Krisna, Hare Krisna, Krisna Krisna, Hare Hare, Hare Rama, Hare Rama, Rama Rama, Hare Hare”.

 O dia era Visvarupa-mahotsava (em Setembro de 1959), e muitos Vaisnavas seniores e discípulos de Srila Prabhupada Bhaktisiddhanta Sarasvati Thakura estavam presentes na Sri Kesavaji Gaudiya Matha. Naquela época meu Gurudeva deu a Srila Swami Maharaja o sannyasa-mantra. Proferir esse mantra não é meramente uma formalidade. Ele é cantado para se obter o serviço das gopis – para entrar no humor das gopis. Ele era realmente um rupanuga-vaisnava.


Relato de Srila Narayana Gosvami Maharaja

Por que adoramos Krsna?


   Paramananda Brahmacari veio a Srila Prabhupada (Srila Bhaktisidhanta) e informou que o Diwan (um poderoso funcionário do governo, ministro ou governante) do Estado de Bharatpura, estava circumbulando o Radha Kunda, prostrando-se no chão e lentamente avançando, medindo o comprimento de cada sucessiva prostração. Paramananda Prabhu falou a Srila Prabhupada com muito ardor: "Ele têm tanta estima por Radharani!"

  Srila Prabhupada, em seguida, saiu de seu aposento e disse: "Sim, mas sua preocupação com Radharani e nossa preocupação com Radharani são bastante diferentes Eles vêm para Radharani porque Ela é a preferida de  Krsna; mas a nossa posição é a oposta. Nós adoramos Krsna porque Ele é o favorito de Radharani. Nosso interesse é Radharani e Krsna é o Seu favorito.  E só porque Ela quer Krsna temos alguma conexão com Ele".

  Mais tarde, li que algumas jivas nascem da anga-jyoti (refulgência) de Baladeva, o brahmajyoti, o não distinguível esplendor divino. Essa é a fonte de onde alguns de nós nascemos. Alguns têm conexão com anga-jyoti de Baladeva, mas outros se originam do halo (auréola) de Radharani e de Seu grupo.

  Estas almas têm uma conexão direta com Radharani. Ela é a sua senhora e necessariamente seguem o que Ela faz. Srila Prabhupada nos disse que somos realmente Saktas, adoradores de potência de Deus; não Saktas como os adoradores de Durga, mas suddha-Saktas (puro-saktas). O real, a potência original, a porção dedicada de Krishna, está em Vraja.

Relato de Srila Bhakti Raksak Sridhar Dev-Goswami Maharaj

Srila Bhaktivinoda Thakura


   Ele restabeleceu, no final do século dezenove, os ensinamentos do Senhor Caitanya, os quais, até então, haviam sido amplamente mal interpretados ou perdidos. Escreveu quase cem livros para explicar a ciência da consciência de Krsna, desmascarar falsas encarnações de Deus e derrotar concepções errôneas sobre o caminho do serviço devocional. Era tanto um pregador ativo e magistrado de Jagannatha Puri, Orissa, como também um amoroso  pai de dez filhos. Um de seus filhos foi Srila Bhaktisiddhanta Sarasvati Thakura.
  Em 1914, no dia do desaparecimento de Sri Gadadhara Pandit, a encarnação de Sri Radha, ele entrou nos passatempos eternos de Gaura-Gadadhara e Radha-Madhava. Em Navadvipa [Godrumadvipa] Sri-Sri Gaura-Gadadhara, as Deidades de Thakura Bhaktivinoda, aguardam para abençoar quaisquer visitantes do Svananda-sukhada-kunja. Nos passatempos eternos de Radha-Madhava, Bhaktivinoda Thakura toma a forma de Kamala-manjari para servir Srimati Radharani.


As deidades de Srila Bhaktivinoda

Como acontece o nascimento de Krsna?


     A Suprema Personalidade de Deus entrou na mente de Vasudeva como o Senhor de toda a criação. Assim, o Senhor Krsna situou-se no coração imaculado de Vasudeva. A forma eterna do Senhor, com Suas potências completas, transferiu-se da mente de Vasudeva para a mente de Devaki.

   Na ocasião do nascimento de Krsna, Vasudeva viu essa criança maravilhosa que nascera como um bebê de quatro braços, segurando o búzio, a maça, o disco e a flor de lótus, decorado com a marca de Srivatsa, usando colar adornado com a pedra kaustubha, vestido em seda amarela, deslumbrante como uma brilhante nuvem negra, usando um elmo ornado com a pedra vaidurya, valiosos braceletes, brincos e outros ornamentos similares por todo seu corpo e vasta cabeleira. Vasudeva ficou maravilhado. Vasudeva desejava comemorar com uma grande festa, mas lembrou-se que estava algemado dentro das paredes da prisão de Kamsa. Então agradeceu mentalmente e prostrando-se com as mãos postas começou a orar. Nesse momento Vasudeva encontrava-se em posição transcendental e libertou-se totalmente de todo o temor. O Senhor, após mostrar a Devaki e Vasudeva todas as suas encarnações como mãe e pai dele, ordenou-lhes que o levasse imediatamente para Gokula e o substituísse pela filha que acabara de nascer de Yasoda. Após isso, o Senhor converteu-se numa criança comum e permaneceu em silêncio.

   No momento em que Vasudeva tentava retirar-se com Krsna, nascia de Yasoda e Nanda Maharaja uma menina. Por ser ela Yogamaya, a potência interna do Senhor, todos os residentes no palácio de Kamsa, especialmente os porteiros, foram dominados por um sono profundo, e todas as portas do palácio se abriram. A noite estava muito escura e enquanto Vasudeva levava Krsna em seu colo essa escuridão desapareceu (o Senhor Krsna é como a luz do sol, e onde quer que esteja, a energia ilusória, que é comparada à escuridão, não pode permanecer). Vasudeva pode ver tudo exatamente como se estivesse à luz do dia. Ao mesmo tempo trovejou  e caiu uma chuva torrencial. Enquanto Vasudeva levava seu filho Krsna debaixo da chuva, o Senhor Sesa, na forma de uma serpente, estendeu seu capelo sobre a cabeça de Vasudeva para que a queda da chuva não o dificultasse. Vasudeva alcançou as margens do rio Yamuna e viu que as águas bramiam onduladas e que toda a extensão do rio estava cheia de espuma. Ainda assim, o rio furioso abriu passagem para Vasudeva atravessar. Chegando ao outro lado Vasudeva dirigiu-se à casa de Nanda Maharaja, situada em Gokula, onde encontrou todos dormindo profundamente. Ele aproveitou a oportunidade para entrar silenciosamente na casa de Yasoda, e sem dificuldade trocou seu filho pela menina que acabara de nascer Em seguida retornou ao palácio de Kamsa  colocando em silêncio a menina no colo de Devaki. Vasudeva se algemou novamente para que Kamsa não pudesse perceber que algo havia acontecido.

   Yasoda compreendeu que havia dado à luz a uma criança, mas como estava muito cansada ela dormiu profundamente. Quando despertou, não se lembrava se dera à luz um menino ou uma menina.

   Quando Kamsa descobriu que sua irmã tinha dado à luz correu para matar a criança. Devaki suplicou para que ele não matasse a menina, pois quem haveria de matá-lo seria seu filho homem. Mesmo assim Kamsa ignorou o apelo da irmã e pegou a criança tentando matá-la, porém a menina escapou de suas mãos e subiu ao céu, aparecendo com oito braços, como a irmã mais nova de Visnu, Durga, que falou a Kamsa: “Seu patife, como você ousa me matar? A criança que irá matá-lo já nasceu antes de mim em algum lugar neste planeta. Não seja tão cruel com sua irmã”. Assustado, Kamsa mandou libertar Devaki e Vasudeva.

   Embora Krsna fosse o verdadeiro filho de Vasudeva e Devaki, Vasudeva não pode apreciar a cerimônia do nascimento de seu filho por causa das atrocidades de Kamsa. Mas Nanda Maharaja, o pai adotivo, celebrou a cerimônia do nascimento de Krsna com muita alegria, conforme o costume védico.

Srila Vana Maharaj explica o que é a japa mala.


   Isto  não é uma mala de neem ou Tulasi, é o próprio Senhor Krishna! Krishna é Thakuraji vigraha. Mala (as contas) é vigraha, o próprio Senhor Krishna. Cento e oito contas, o que significa isso? Significa que cem gopis estão lá. Na mala japa, quantas contas estão lá? Oito asta-sakhis (gopis principais) e cem gopis. A grande conta no meio é chamada de Radha-Krishna-Gurudev. Às vezes nós falamos: "Não mostre a sua japa-mala para os outros". Porque a japa-mala é o próprio Bhagavan. Isto é muito confidencial, mantenha-a em seu coração! Meu Gurudeva, Srila Vamana Gosvami Maharaj, disse: "Não mostre a sua japa-mala a ninguém". Japa-mala é não diferente de Radha e Krishna. Tenha fé que a japa-mala é Radha e Krishna. As oito sakhis são: Sudevi, Ranga devi, Lalita devi etc, em seguida, centenas de gopis. Você entende? Cento e oito contas significam 108 sakhis de Srimati Radhika. A japa-mala é como rasa-mandala e  não diferente de Radha e Krishna.  Gurudeva lhe dá tudo, apenas realize isto. Cante os santos nomes  que a realização virá. No início, a realização não virá, mas quando você está cantando os santos nomes, lenta e gradualmente, a realização virá.

Quem são os associados do Senhor Gauranga no Krishna lila?


Names of associates in Gaura Lila Nomes de associados em Gaura Lila
Names of the same associates in Krishna Lila Nomes dos mesmos associados em Krishna Lila
1 1
Sri Gauranga Mahaprabhu Sri Gauranga Mahaprabhu
Sri Radha + Sri Vrindavana Krishna (Vraja Krishna includes Sri Dvaraka Krishna + Sri Vasudeva Krishna + All Incarnations of God) Sri Radha + Sri Vrindavana Krishna (Vraja Krishna inclui Sri Krishna Dvaraka + Sri Vasudeva Krishna + todas as encarnações de Deus)
2 2
Sri Nityananda Prabhu Sri Nityananda Prabhu
Sri Haladhara Balarama + Mula Sankarshana + All 3 Purusha Incarnations + Ananta Sesha Sri Haladhara Balarama + Mula Sankarshana + Todas as três encarnações purushas+ Ananta Sesha
3 3
Sri Advaita Acharya Sri Advaita Acharya
Sri Sadashiva + Sri Mahavishnu Sri Sadashiva + Sri Mahavishnu
4 4
Sri Gadadhara Pandita Sri Gadadhara Pandita
Sri Radha (Pleasure Potency) + Lalita + Hari Sri Radha (potência de prazer) + Lalita + Hari
5 5
Shrivasa Pandita (leader of devotees) Shrivasa Pandita (líder dos devotos)
Narada Muni (Guru of great devotees) Narada Muni (Guru dos grandes devotos)
6 6
Sri Vishvarupa (brother of Gauranga) Sri Vishvarupa (irmão de Gauranga)
Sankarshana Sankarshana
7 7
Sri Navadvipa Dhama Sri Navadvipa Dhama
Vrindavana + Goloka + Svetadvipa + Vaikuntha Vrindavana + Goloka + Svetadvipa + Vaikuntha
8 8
Sitadevi (wife of Sri Advaita) Sitadevi (esposa de Sri Advaita)
Yogamaya + Katyayani Yogamaya + Katyayani
9 9
Shachi Mata Shachi Mata
Yashoda + Devaki + Kaushalya + Aditi + Prishni Yashoda + Devaki + Kaushalya + Aditi + Prishni
10 10
Jagannatha Mishra Jagannatha Mishra
Nanda + Vasudeva + Dasharatha+ Kashyapa + Sutapa Nanda + Vasudeva + Dasharatha + Kashyapa + Sutapa
11 11
Pundarika Vidyanidhi Pundarika Vidyanidhi
Vrishabhanu (father of Sri Radha) Vrishabhanu (pai de Sri Radha)
12 12
Padmavati (mother of Nityananda) Padmavati (mãe de Nityananda)
Rohini (mother of Balarama) + Sumitra Rohini (mãe de Balarama) + Sumitra
13 13
Hadai Pandita (father of Nityananda) Hadai Pandita (pai de Nityananda)
Vasudeva (father of Balarama) + Dasharatha Vasudeva (pai de Balarama) + Dasharatha
14 14
Lakshmipriya (first wife of Gauranga) Lakshmipriya (primeira esposa de Gauranga)
Rukmini (Krishna's Principal queen in Dvaraka) + Sita (Rama's consort) +Mahalakshmi (Vaikuntha) Rukmini (rainha principal de Krishna em Dvaraka) + Sita (consorte de Rama) + Mahalakshmi (Vaikuntha)
15 15
Vishnupriya (second wife of Gauranga) Vishnupriya (segunda esposa de Gauranga)
Bhu-Shakti (1 of the 3 Lakshmis) Bhu-Shakti (uma das 3 Lakshmis)
16 16
Jagadananda Pandita Jagadananda Pandita
Satyabhama (Second principal queen in Dvaraka) Satyabhama (principal rainha Segundo em Dvaraka)
17 17
Jahnava (First wife of Nityananda) Jahnava (primeira esposa de Nityananda)
Revati (First wife of Balarama) + Ananga Manjari Revati (primeira esposa de Balarama) + Ananga Manjari
18 18
Vasudha (Second wife of Nityananda) Vasudha (segunda esposa de Nityananda)
Varuni (2nd wife of Balarama) + Ananga Manjari Varuni (2ª esposa de Balarama) + Ananga Manjari
19 19
Virachandra (son of Nityananda) Virachandra (filho de Nityananda)
Kshirodakashayi Vishnu (Paramatma) Kshirodakashayi Vishnu (Paramatma)
20 20
Raghunandana Thakura Raghunandana Thakura
Pradyumna (Chaturvyuha) + Kandarpa Manjari Pradyumna (Chaturvyuha) + Kandarpa Manjari
21 21
Vakreshvara Pandita Vakreshvara Pandita
Aniruddha (Chaturvyuha, Krishna's grandson) Aniruddha (Chaturvyuha, neto de Krishna)
22 22
Gopinatha Acharya Gopinatha Acharya
Brahma (the creator of the universe) Brahma (o criador do universo)
23 23
Murari Gupta Murari Gupta
Hanuman (great devotee of Sri Rama) Hanuman (grande devoto de Sri Rama)
24 24
Govindananda Govindananda
Sugriva (King of the monkeys in Rama lila) Sugriva (rei dos macacos em Rama lila)
25 25
Ramachandra Puri Ramachandra Puri
Jatila (mother-in-law of Radha) + Vibhishana Jatila (sogra de Radha) + Vibhishana
26 26
Haridasa Thakura Haridasa Thakura
Brahma + Prahlada + Mahatpah (son of Richika) Brahma + Prahlada + Mahatpah (filho de Richika)
27 27
Nilambara Chakravarti Nilambara Chakravarti
Garga Muni (Name giving ceremony of Krishna) Garga Muni
28 28
Vrindavana Dasa Thakura Vrindavana Dasa Thakura
Veda Vyasa + Kusumapida sakha Veda Vyasa + Kusumapida sakha
29 29
Bhikshuka Vanamali Bhikshuka Vanamali
Sudama Vipra (childhood friend of Krishna) Sudama Vipra (amigo de infância de Krishna)
30 30
Paramananda Puri Paramananda Puri
Uddhava (dearmost servant in Dvaraka) Uddhava (servo mais querido em Dvaraka)
31 31
Gopinatha Simha Gopinatha Simha
Akrura (paternal uncle of Krishna) Akrura (tio paterno de Krishna)
32 32
Keshava Bharati (Sannyasa Guru of Gauranga) Keshava Bharati (Sannyasa Guru de Gauranga)
Sandipani Muni (Guru of Krishna and Balarama) Sandipani Muni (Guru de Krishna e Balarama)
33 33
King Prataparudra Rei Prataparudra
King Indradyumna (Puri) + King Indra Rei Indradyumna (Puri) + rei Indra
34 34
Sarvabhauma Bhattacharya Sarvabhauma Bhattacharya
Brihaspati (Indra's Guru) Brihaspati (Guru de Indra)
35 35
Kashinatha, Lokanatha, Shrinatha & Ramanatha (4 Nathas) Kashinatha, Lokanatha, Shrinatha & Ramanatha (4 Nathas)
The four Sanata Kumaras: Sanaka, Sanandana, Sanatana & Sanata Os quatro Kumaras : Sanaka, Sanandana, Sanatana e Sanata
36 36
Bhaskara Thakura Bhaskara Thakura
Vishvakarma (architect of demigods) Vishvakarma (arquiteto de semideuses)
37 37
Jagannatha & Madhava (Jagai and Madhai) Jagannatha & Madhava (Jagai e Madhai)
Jaya & Vijaya (Vaikuntha door keepers) Jaya e Vijaya (guardiões da porta deVaikuntha)
38 38
Chaitanya Dasa Chaitanya Dasa
Daksha (Krishna's parrot) Daksha (papagaio de Krishna)
39 39
Rama Dasa Rama Dasa
Vichakshana ( Krishna's parrot) Vichakshana (papagaio de Krishna)
40 40
Garuda Pandita Garuda Pandita
Garuda (carrier of Sri Vishnu) Garuda (portador do Sri Vishnu)
41 41
Ramadasa Abhirama Thakura Ramadasa Abhirama Thakura
Shridama (elder brother of Sri Radha) Shridama (irmão mais velho de Sri Radha)
42 42
Sundarananda Thakura sundarananda Thakura
Sudama (cowherd boy in Vrindavana) Sudama (vaqueirinho em Vrindavana)
43 43
Dhananjaya Pandita Dhananjaya Pandita
Vasudama Vasudama
44 44
Gauridasa Pandita Gauridasa Pandita
Subala Subala
45 45
Kamalakara Pippalai Kamalakara Pippalai
Mahabala Mahabala
46 46
Uddharana Datta Uddharana Datta
Subahu Subahu
47 47
Mahesha Pandita Mahesha Pandita
Mahabahu Mahabahu
48 48
Purushottama Dasa Purushottama Dasa
Stoka Krishna Stoka Krishna
49 49
Nagara Purushottama Nagara Purushottama
Dama Dama
60 60
Kaliya Krishna Dasa Kaliya Krishna Dasa
Lavanga Lavanga
51 51
Shridhara Kholavecha Shridhara Kholavecha
Kusumasava Kusumasava
52 52
Mukunda Dutta Mukunda Dutta
Madhukantha Madhukantha
53 53
Vasudeva Datta Vasudeva Datta
Madhuvrata + Prahlada Madhuvrata + Prahlada
54 54
Vanamali Pandita Vanamali Pandita
Maladhara Maladhara
55 55
Kumudananda Pandita Kumudananda Pandita
Gandharva Gandharva
56 56
Halayudha Thakura Halayudha Thakura
Prabala Prabala
57 57
Parameshvara Dasa Parameshvara Dasa
Arjuna (cowherd friend in Vrindavan) Arjuna (amigo vaqueiro em Vrindavan)
58 58
Rudra Pandita Rudra Pandita
Varunthapa Varunthapa
59 59
Ramai Ramai
Payoda Payoda
60 60
Nandai Nandai
Varida Varida
61 61
Sadashiva Kaviraja Sadashiva Kaviraja
Chandravali Chandravali
62 62
Ramananda Raya Svarupa Damodara Goswami
Lalita + Arjuniya Gopi +Arjuna Gopasakha + Arjuna Pandava Lalita + Arjuniya Gopi + Arjuna Gopasakha + Arjuna Pandava
63 63
Svarupa Damodara Goswami Ramananda Raya
Vishakha (among Eight principal Sakhis) Vishakha (entre oito sakhis principais)
64 64
Vanamali Kaviraja Govindananda Thakura
Chitra (among Eight Sakhis) Chitra (entre oito sakhis)
65 65
Raghava Goswami Shivananda Sena
Champakalata (among Eight Sakhis) Champakalata (entre oito sakhis)
66 66
Prabodhananda Sarasvati Thakura Vrakreshvara Pandita
Tungavidya (among Eight Sakhis) Tungavidya (entre oito sakhis)
67 67
Vasu Ramananda Krishna Dasa Brahmachari
Indulekha (among Eight Sakhis) Indulekha (entre oito sakhis)
68 68
Gadadhara Bhatta Govinda  Yogananda
Rangadevi (among Eight Sakhis) Rangadevi (entre oito sakhis)
69 69
Ananta Acharya Goswami Vasudeva Yogananda
Sudevi (among Eight Sakhis) Sudevi (entre oito sakhis)
70 70
Raghava Pandita Raghava Pandita
Dhanistha (feeds and serves Krishna) Dhanistha (alimenta e serve Krishna)
71 71
Saranga Thakura Saranga Thakura
Nandimukhi Nandimukhi
72 72
Mukunda Dasa Mukunda Dasa
Vrindadevi Vrindadevi ( uma das astha sakhis)
73 73
Kashishvara Goswami Kashishvara Goswami
Shashirekha gopi Shashirekha gopi
74 74
Krishna Dasa Krishna Dasa
Ratnarekha Ratnarekha
75 75
Shankara Pandita Shankara Pandita
Bhadra Bhadra
76 76
Damodara Pandita Damodara Pandita
Saibya Gopi + Goddess Sarasvati Saibya Gopi + deusa Sarasvati
77 77
Krishnananda Krishnananda
Kalavati Kalavati
78 78
Govinda Ghosh Govinda Ghosh
Kalavati Kalavati
79 79
Narayana Vachaspati Narayana Vachaspati
Sauraseni Sauraseni
80 80
Pitambara pitambara
Kaveri Kaveri
81 81
Makaradhvaja Makaradhvaja
Sukeshi Sukeshi
82 82
Madhavacharya Madhavacharya
Madhavi Madhavi
83 83
Kavi Chandra Kavi Chandra
Manoharaa Manoharaa
84 84
Vasu Ramananda Vasu Ramananda
Kalakanthi Kalakanthi
85 85
Satyaraja Sena Satyaraja Sena
Sukanthi Sukanthi
86 86
Shrikanta Sena Shrikanta Sena
Katyayanidevi Gopi Katyayanidevi Gopi
87 87
Shivananda Sena (Gauranga Mantracharya) Shivananda Sena (Gauranga Mantracharya)
Vira Gopi + Duti Gopi (messengers of Gopies) Vira Gopi + Duti Gopi (mensageiros de Gopis)
88 88
Shivananda Sena's wife A esposa de Shivananda Sena
Bindumati Bindumati
89 89
Narahari Sarkara Narahari sarkara
Madhumati Madhumati
90 90
Gopinatha Acharya Gopinatha Acharya
Ratnavali Gopi Ratnavali Gopi
91 91
Vamshidasa Goswami Vamshidasa Goswami
Vamshi (Krishna's flute) Vamshi (flauta de Krishna)
92 92
Rupa Goswami Rupa Goswami
Rupa Manjari Rupa Manjari
94 94
Shivananda Chakravarti Sanatana Goswami
Lavanga Manjari Lavanga Manjari
95 95
Gopala Bhatta Goswami Gopala Bhatta Goswami
Ananga Manjari + Guna Manjari Guna Manjari
96 96
Raghunatha Bhatta Goswami Raghunatha Bhatta Goswami
Raga Manjari Raga Manjari
97 97
Raghunatha Dasa Goswami Raghunatha Dasa Goswami
Rasa Manjari + Rati Manjari + Bhanumati Rati Manjari
98 98
Jiva Goswami Jiva Goswami
Vilasa Manjari Vilasa Manjari
99 99
Narayani (mother of Vrindavana dasa) Narayani (mãe de Vrindavana Dasa)
Kilimbika (sister of Ambika) Kilimbika (irmã de Ambika)
100 100
Bhugarbha Goswami Bhugarbha Goswami
Prema Manjari + Bhadra Rekhika Prema Manjari + Bhadra Rekhika
101 101
Lokanatha Goswami Lokanatha Goswami
Lila Manjari Mandjulali  Manjari
102 102
Madhavananda Madhavananda
Rasollasa (sings songs by Vishakha) Rasollasa (canta músicas de Vishakha)
103 103
Vasudeva Ghosh Vasudeva Ghosh
Gunatunga (sings songs by Vishakha) Gunatunga (canta músicas de Vishakha)
104 104
Shikhi Mahiti Shikhi Mahiti
Rangalekha Rangalekha
105 105
Madhavi (Shikhi Mahiti's sister) Madhavi (irmã de Shikhi Mahiti)
Kalakeli Kalakeli
106 106
Kalidasa Kalidasa
Mallidevi (daughter of Pulinda) Mallidevi (filha de Pulinda)
107 107
Shuklambara Brahmachari Shuklambara Brahmachari
A wife of one of the sacrificial brahmanas. A esposa de um dos brâmanes de sacrifício. The wives fed Krishna when their husbands refused. A esposa que alimentou Krishna quando seu marido se recusou.
108 108
Jagadisha & Hiranya Jagadisha & Hiranya
Two other wives of the sacrificial brahmanas Duas outras esposas dos brahmanas sacrificiais
109 109
Kashi Mishra Kashi Mishra
Sairindri (Kubja) Sairindri (Kubja)
110 110
Shubhananda Dvija Shubhananda Dvija
Malati Malati
111 111
Shridhara Brahmachari Shridhara Brahmachari
Chandralatika Chandralatika
112 112
Paramananda Gupta Paramananda Gupta
Manjumedha Manjumedha
113 113
Raghunatha Raghunatha
Varangada Varangada
114 114
Kamsari Sena Kamsari Sena
Ratnavali Ratnavali
115 115
Jagannatha Sena Jagannatha Sena
Kamala Kamala
116 116
Subuddhi Mishra Raya Subuddhi Mishra Raya
Gunachuda + Shubhanana Gunachuda + Shubhanana
117 117
Shriharsha Shriharsha
Sukeshini Sukeshini
118 118
Raghu Mishra Raghu Mishra
Karpura Manjari Karpura Manjari
119 119
Jitamitra Jitamitra
Shyama Manjari Shyama Manjari
120 120
Shrimad Bhagavatacharya (author of Krishna Prema Tarangini) Shrimad Bhagavatacharya (autor de Krishna Prema Tarangini)
Shveta Manjari Shveta Manjari
121 121
Vaninatha Dvija Vaninatha Dvija
Kamalekha Kamalekha
122 122
Ishana Acharya (servant of Shachi) Ishana Acharya (servo de Shachi)
Mauna Manjari Mauna Manjari
123 123
Kamalakara Kamalakara
Gandhonmada Gandhonmada
124 124
Laksminatha Pandita Laksminatha Pandita
Rasonmada Rasonmada
125 125
Dvija Jagannatha dvija Jagannatha
Chandrika Chandrika
126 126
Chiranjiva Chiranjiva
Chandrika Chandrika
127 127
Ananta Kanthabharana Ananta Kanthabharana
Gopali Gopali
128 128
Hastigopala Hastigopala
Harini Harini
129 129
Nayana Mishra Nayana Mishra
Nitya Manjari Nitya Manjari
130 130
Kavi Datta Kavi Datta
Kalakanthi Kalakanthi
131 131
Sulochana Sulochana
Kurangakshi Kurangakshi
132 132
Krishnadeva Krishnadeva
Chandrashekhara Chandrashekhara
133 133
Krishnadasa Kaviraja Goswami Krishnadasa Kaviraja Goswami
Kasturi Manjari Kasturi Manjari
134 134
Govinda Acharya Govinda Acharya
Paurnamasi Paurnamasi
135 135
Madhavendra Puri Madhavendra Puri
Yoga Pitha Kalpavriksh (Desire tree) Yoga Pitha Kalpavriksh (árvore de desejo)
136 136
Madhu Pandita Goswami Madhu Pandita Goswami
Mandali Sakhi Mandali Sakhi
137 137
Madhvacharya Madhvacharya
Madhvi Gopi Madhvi Gopi
138 138
Bhavananda Raya Bhavananda Raya
Pandu (father of the 5 pandavas) Pandu (pai dos cinco pandavas)
139 139
Chandrashekara Acharya Chandrashekara Acharya
Soma Deva (Moon God) Soma Deva (Deus da Lua)
140 140
Narottama Dasa Thakura Narottama Dasa Thakura
Chamaka Manjari Chamaka Manjari
141 141
Shrinivasa Acharya Thakura Srinivasa Acharya Thakura
Mani Manjari Mani Manjari
142 142
Ramachandra Kaviraja Ramachandra Kaviraja
Karna Manjari Karna Manjari
143 143
Ananta Acharya Ananta Acharya
Ramanujacharya Ramanujacharya
144 144
Gadadhara Dasa Gadadhara Dasa
Chandrakanti gopi (radiance of Radha) + Purananda gopi (of Balarama) Gopi Chandrakanti (brilho de Radha) + Purananda gopi (de Balarama)
145 145
Jagadisha Pandita Jagadisha Pandita
Chandrahasa (expert dancer) + One of the wives of Kaliya Chandrahasa (dançarino perito) + Uma das esposas de Kaliya
146 146
Ramananda, Gopinatha, Vaninatha, Kalanidhi, Sudhanidhi (The Five Sons of Bhavananda Raya) Ramananda, Gopinatha, Vaninatha, Kalanidhi, Sudhanidi (os cinco filhos de Bhavananda Raya)
The Five Pandavas (Arjuna, Yudhistira, Bhima, Sahadeva and Nakula) Os cinco Pandavas (Arjuna, Yudhistira, Bhima, Sahadeva e Nakula)
147 147
Sanatana Mishra Sanatana Mishra
Satrajit (Satyabhama's father) Satrajit (pai de Satyabhama)
148 148
Upendra Mishra (Gauranga's grandfather) Upendra Mishra (avô de Gauranga)
Parjanya (Krishna's grandfather) Parjanya (avô de Krishna)
149 149
Devananda Pandita Devananda Pandita
Bhaguri Muni (chief priest of Nanda) Bhaguri Muni (sacerdote-chefe da Nanda)
160 160
Ganga Dasa Pandita Ganga Dasa Pandita
Durvasa Muni Durvasa Muni
151 151
Vallabha Bhatta Vallabha Bhatta
Shukadeva (narrator of Bhagavatam) Shukadeva (narrador do Bhagavatam)
152 152
Malini (wife of Shrivasa Thakura) Malini (esposa de Shrivasa Thakura)
Ambika (nurse of Krishna) Ambika (enfermeira de Krishna)
153 153
Vallabhacharya (father of Lakshmipriya) Vallabhacharya (pai de Lakshmipriya)
King Bhishmaka + King Janaka Rei Bhishmaka + rei Janaka
154 154
Purandara Purandara
Angada (from Rama lila) Angada (de Rama lila)
155 155
Kamalavatidevi Kamalavatidevi
Variyasi (Krishna's paternal grandmother) Variyasi (avó paterna de Krishna)
156 156
Vanmali Acharya Vanmali Acharya
Vishvamitra + Rukmini's Messenger Mensageiro de Vishvamitra + Rukmini
157 157
Kashinatha Kashinatha
Kulaka Brahmana (Satyabhama's marriage) Kulaka Brahmana (casamento de Satyabhama)
158 158
Madhava Mishra Madhava Mishra
Vrishbhanu (father of Radha) Vrishbhanu (pai de Radha)
159 159
Ratnavali (wife of Pundarika Vidyanidhi) Ratnavali (esposa de Pundarika Vidyanidhi)
Kirtida (mother of Radha) Kirtida (mãe de Radha)
160 160
Suryadasa Sarkhela (father of Jahnava) Suryadasa Sarkhela (pai de Jahnava)
King Kakudmi (father of Revati) Rei Kakudmi (pai de Revati)
161 161
Gangadevi (daugther of Nityananda) Gangadevi (filha de Nityananda)
River Ganges Rio Ganges
162 162
Madhava (Gangadevi's husband) Madhava (marido de Gangadevi)
Shantanu Shantanu
163 163
Shrirama Pandita (brother of Shrivasa) Shrirama Pandita (irmão de Shrivasa)
Parvata Muni (friend of Narada Muni) Parvata Muni (amigo de Narada Muni)
164 164
Kuvera (father of Advaita Acharya) Kuvera (pai de Advaita Acharya)
King Kuvera (Guhyaka King) Rei Kuvera (Guhyaka King)
165 165
Achyutananda (son of Advaita Acharya) Achyutananda (filho de Advaita Acharya)
Achyuta gopi + Kartikeya Achyuta gopi + Kartikeya
166 166
Krishna Mishra (son of Advaita Acharya) Krishna Mishra (filho de Advaita Acharya)
Kartikeya Kartikeya
167 167
Gopala (son of Advaita Acharya) Gopala (filho de Advaita Acharya)
Ganesha Ganesha
168 168
Nakula Brahmachari Nakula Brahmachari
Shaktyavesha incarnation of Gauranga Shaktyavesha encarnação de Gauranga
169 169
Pradyumna Mishra Pradyumna Mishra
Shaktyavesha incarnation of Gauranga Shaktyavesha encarnação de Gauranga
170 170
Bhagavana Acharya Khanji Bhagavana Acharya Khanji
Shaktyavesha incarnation of Gauranga Shaktyavesha encarnação de Gauranga
171 171
Nrsimhananda Tirtha, Satyananda Bharati, Nrsimha Tirtha, Cidananda Tirtha, Jagannatha Tirtha, Vasudeva Tirtha, Rama Tirtha, Purusottama Tirtha, and Garuda Avadhuta Nrsimhananda Tirtha, Satyananda Bharati, Nrsimha Tirtha, Cidananda Tirtha, Jagannatha Tirtha, Vasudeva Tirtha, Rama Tirtha, Purusottama Tirtha e Garuda Avadhuta
Nine Jayanteyas who spoke the Bhagavata Samhita to King Janaka Nove Jayanteyas que falaram o Bhagavata Samhita ao rei Janaka
172 172
Ananta, Sukhananda, Govinda, Raghunatha, Krsnananda, Kesava, Damodara, and Raghava Ananta, Sukhananda, Govinda, Raghunatha, Krishnananda, Kesava, Damodara, e Raghava
Eight Mystic Powers (Siddhis): Anima, Mahima, Laghima, Prapti, Ishitva, Vashitva, Prakamya, Kamavayasita Oito poderes místicos (siddhis): Anima, Mahima, laghima, prapti, Ishitva, Vashitva, Prakamya, Kamavayasita
173 173
Srinidhi, Srigarbha, Kaviratna, Sudhanidhi, Vidyanidhi, Gunanidhi, Ratnabahu, Acaryaratna, and Ratnakara Pandita (Nine sons of Nidhiratna devi) Srinidhi, Srigarbha, Kaviratna, Sudhanidi, Vidyanidhi, Gunanidhi, Ratnabahu, Acaryaratna e Ratnakara Pandita (Nove filhos de Nidhiratna Devi)
Kuvera's Nine Jewels including his conch, jewels etc. Nove jóias de Kuvera incluindo sua concha, jóias etc.
174 174
Sachidevi's father O pai de Sachidevi
Sumukha (father of Yashoda) Sumukha (pai de Yashoda)
175 175
Sachidevi's mother A mãe de Sachidevi
Pataladevi (mother of Yashoda) Pataladevi (mãe de Yashoda)
176 176
Uddhava dasa Uddhava Dasa
Moon God Somadeva's expansion A expansão do Deus da lua Somadeva
177 177
Visveshvara Acharya Visveshvara Acharya
Sun God Vivasvan Sun God Vivasvan
178 178
Bhaskara Thakura Bhaskara Thakura
Vishvakarma (architect of demigods) Vishvakarma (arquiteto dos semideuses)
179 179
Govinda Govinda
Pundarikaksha (from Vaikuntha) Pundarikaksha (de Vaikuntha)
180 180
Garuda Garuda
Kumuda (from Vaikuntha) Kumuda (de Vaikuntha)
181 181
Govinda (servant of Gauranga) Govinda (servo de Gauranga)
Bhangura (servant of Krishna) Bhangura (servo de Krishna)
182 182
Haridasa Haridasa
Raktaka (servant of Krishna) Raktaka (servo de Krishna)
183 183
Brhacchisu Brhacchisu
Patraka (servant of Krishna) Patraka (servo de Krishna)
184 184
Makaradhvajakara Makaradhvajakara
Candramukha (dancer in Vraja) Candramukha (dançarino em Vraja)
185 185
Shankara Ghosh (mridanga player) Shankara Ghosh (tocador mridanga)
Sudhakara (mridanga player in Vraja) Sudhakara (tocador de mridanga em Vraja)
186 186
Vanamala Pandita vanamala Pandita
Maladhara (carrier of venu & murali) Maladhara (portadora de venu & murali)
187 187
Dhruvananda Brahmachari Dhruvananda Brahmachari
Lalita Sakhi Lalita Sakhi
188 188
Jagannatha Jagannatha
Taraka gopi Taraka gopi
189 189
Gopala Gopala
Pali gopi Pali gopi
190 190
Kashishvara (servant of Gauranga) Kashishvara (servo de Gauranga)
Bringara Sakha (servant of Krishna) Bringara Sakha (servo de Krishna)
191 191
Damayanti (Raghava Pandit's sister) Damayanti (irmã de Raghava Pandit)
Gunamala Devi Gunamala Devi
192 192
Narayana Vachaspati Narayana Vachaspati
Gauraseni Gopi Gauraseni Gopi
193 193
Jiva Pandita Jiva Pandita
Indira Indira
194 194
Vidya Vachaspati Vidya Vachaspati
Tungavidya Tungavidya
195 195
Balabhadra Bhattacharya Balabhadra Bhattacharya
Madhurekshana Madhurekshana
196 196
Shrinatha Mishra Shrinatha Mishra
Chitrangi Chitrangi
197 197
Visvanatha Chakravarti Visvanatha Chakravarti
Vinoda Manjari Vinoda Manjari
198 198
Baladeva Vidyabhusana Baladeva Vidyabhusana
Ratnavali Devi (Gopinatha Acharya) Ratnavali Devi (Gopinatha Acharya)
199 199
Jagannatha Dasa Babaji Jagannatha Dasa Babaji
Rasika Manjari Rasika Manjari
200 200
Bhaktivinoda Thakura Bhaktivinoda Thakura
Kamala Manjari Kamala Manjari
201 201
Gaurakishore Dasa Babaji Gaurakishore Dasa Babaji
Guna Manjari Guna Manjari
202 202
Bhaktisiddhanta Sarasvati Bhaktisiddhanta Sarasvati
Nayana Mani Manjari Nayana Mani Manjari