Como surge a fé?


 O aparecimento da não é causada por renúncia, nem na  estrita observância aos deveres ocupacionais a que corresponde uma determinada casta e estágio da vida, ou tornar-se um estudioso. A única causa do aparecimento da fé é a associação com um sadhu que tem um profundo amor pela narrações dos passatempos de Krishna.

Explicação de Srila Bhaktivinoda Thakur

Qual a diferença da fé em vaidhi-bhakti para raganuga-bhakti?


  A conclusão é que shastra-visvasamayî-shraddha, ou shraddha (fé), derivada da fé nas injunções das escrituras, é a única causa de qualificação para Vaidhi-bhakti, e Bhava-Madhurya-lobhamayî-shraddha, ou fé derivada da avidez intensa para experimentar os doces sentimentos dos Vrajavasis, é a única causa da qualificação para raganuga-bhakti. Só a fé - seja visvasamayî ou lobhamayî - é a causa da elegibilidade para os dois tipos de bhakti pura.


DELIBERAÇÃO SOBRE A VERDADEIRA NATUREZA DA DEVOÇÃO
composta por Srila Bhaktivinoda Thakura

Qual o significado de samadhi?


   Há muitos anos atrás, o próprio Srila Gurudeva explicou o significado de Samadhi da seguinte forma: sama significa "igual" e dhi significa 'inteligência'.

Quando um devoto puro parte deste mundo, atingindo um svarūpa (uma forma espiritual) como a de um associado de Sri Sri Radha-Krishna, ele atinge a inteligência, beleza, qualidades e assim por diante como a deles.

A deidade de adoração da nossa paramparā é Srimati Radhika. Quando nossos ācāryas entram em samādhi, eles alcançam o samadhi, ou seja, a inteligência torna-se semelhante ao humor de Sri Rupa Manjari e outros associados íntimos de Srimati Radharani, sob cuja orientação realizam atendimento direto ao Casal Divino.




Citação de "Srila Gurudeva - O Tesouro Supremo - Vol.2", por Sripad Bhaktivedanta Madhava Maharaja.


Qual é a melhor maneira de me envolver em consciência de Krishna, enquanto estou levando minha vida diária?


  Essa pergunta foi feita a Srila Bhakti Ballabh Tirtha Goswami Maharaja que respondeu:
   Cantando o nome de Sri Krishna é o único processo recomendado neste Kaliyuga. Mahaprabhu instruiu a todos para realizar Harinam sankirtan. Ele, junto com seus associados, realizavam sankirtan constantemente. Na verdade, não temos fé nisso. Nós queremos fazer outra coisa - isso e aquilo. Mas nesta Kaliyuga, nada mais precisa ser feito. Se não temos fé, o que pode ser feito? Cantar o Santo Nome é possível somente na associação de devotos puros, mas também é muito difícil conseguir tal associação. Se queremos qualidade, não podemos obter a quantidade. Pela graça do Senhor, tem-se a conexão real com o devoto puro o que é necessário para executar Harinam .

Qual a importância da forma humana de vida?


Explicação de Srila Bhakti Ballabh Tirtha Maharaja

   O Supremo Senhor Sri Krishna e as jivas estão eternamente relacionados um com o outro. Sri Chaitanya Mahaprabhu chamou essa relação como Achintya-Bhed-abhed. Isso significa que são diferentes e ao mesmo tempo não são diferentes do Senhor Supremo Sri Krishna.
  Quando eu estava em casa, eu tinha em minha mente várias dúvidas sobre jiva-tattva, Bhagwad-tattva, etc, e eu costumava escrever cartas para meu Srila Gurudev. Uma vez, Srila Gurudev me pediu para ler o "Jaiva-dharma", escrito por Srila Bhakti Vinode Thakura. Quando li o Jaiva dharma", todas as minhas dúvidas sobre jiva-tattva e Bhagavad-tattva foram esclarecidas. Vocês também podem ler o Jaiva-dharma. Vocês vão ter todas as respostas para suas perguntas, porque Srila Bhakti Vinode Thakura não é um ser humano comum. Ele é Sri Kamal Manjari em Goloka-lila.

  As jivas aqui significam  todos os seres vivos, incluindo animais e pássaros. Existem 8.400.000 espécies de seres vivos. No Manu Samhita é dito:

“Há 900 mil tipos de espécies aquáticos , 2.000.000 de espécies de árvores e plantas, 1.100.000 tipos de insetos e répteis, 1.000.000 de espécies de aves, 3.000.000 de tipos de animais de quatro patas e 400 mil tipos da espécie humana."
  O nascimento humano é muito raro e não se deve perder esta oportunidade preciosa. Somente os seres humanos têm a capacidade de adorar o Senhor Supremo. Outras entidades vivas não têm essa capacidade. Portanto, não é aconselhável perder o precioso nascimento humano para os prazeres mundanos. No Srimad Bhagavatam ( 11.9.29 ) é dito,

“Esta forma humana de vida é obtida após muitos e muitos nascimentos, e, embora ela não seja permanente, pode oferecer os maiores benefícios. Portanto, um homem sóbrio e inteligente deve imediatamente tentar atingir o maior benefício na vida antes que ocorra outra morte. Deve-se evitar a gratificação dos sentidos, que está disponível em todas as circunstâncias".
  Nosso mais reverenciado Paramguru - Padapadma Nityalila Pravista OM 108 Sri Srimad Bhaktisiddhanta Saraswati Thakur Prabhupada tinha falado sobre esse versículo continuamente por um mês em Ultadanga, Kolkata. Apesar disso, ele não estava satisfeito. Dois estudantes de Scottish Church College , Kolkata, foram lá para vê-lo. Nosso mais reverenciado Srila Param Gurudev disse que mesmo um momento do nascimento humano não deve ser desperdiçado. Os dois estudantes disseram que vieram apenas para ver o que estava acontecendo ali e que eles tinham que voltar para as suas casas. Srila Prabhupada disse: " turnam - imediatamente vocês devem começar a adoração ao Senhor Supremo".
 

 Os dois estudantes disseram: "Oh! Nossa casa está em chama".
 Srila Prabhupada: "Deixe-a queimar . "

 Os alunos , "As casas vizinhas vão se queimar ".
 Srila Prabhupada: "Que todo o mundo se queime. Você é brahma- bhuta (do Senhor e para o Senhor) não samsara - bhuta (deste mundo e para este mundo)".

 Mais tarde, os dois estudantes ficaram no Math.
Sri Prahlad Maharaj instrui no Srimad Bhagavatam ( 7.6.1)

“Aquele que é suficientemente inteligente deve usar a forma humana do corpo a partir da tenra idade da infância para a prática das atividades do serviço devocional, desistindo de todos os outros compromissos. A forma humana é muito raramente alcançada, e embora temporária como outros organismos , é significativa, porque na vida humana pode-se executar o serviço devocional."
  Aqueles que têm o nascimento humano devem adorar o Senhor Supremo Sri Krishna em todas as circunstâncias.

Quais são as causas do medo?

     O medo se origina quando a entidade viva falsamente se identifica com o corpo material devido à absorção na energia externado Senhor chamada maya. Quando a entidade viva  diverge do Senhor Supremo, ela se esquece de sua própria posição constitucional como uma serva do Senhor.
   Todos nós tememos. Embora todos os seres vivos, em todas as espécies de vida, em todos os planetas materiais, só queiram paz e felicidade, todos estão cheios de medo.
  Felicidade e paz de espírito nos seguem exatamente como uma sombra. Se tentarmos agarrar uma sombra com nossas mãos, vamos compreender que ela é intangível – sem substância. Por outro lado, se nos mantemos seguindo em frente, de costas para a ela, ela vai continuar nos seguindo. Esta é a natureza das sombras.
  Portanto, uma pessoa inteligente deve ocupar-se firmemente no imaculado serviço devocional ao Senhor, sob a guia do mestre espiritual fidedigno, o qual ele deve aceitar como sua deidade adorável e sua própria vida e alma.
 
Explicação de Srila Bhaktivedanta Narayana Maharaja

Quem é rupanuga?


 
 
Srila Gour Govinda Maharaja fez essa pergunta a Srila Narayana Maharaja que   respondeu:
    São servas de Radhika como Rupa Manjari , Rati Manjari, Lavanga Manjari , Raga Manjari, Ravan Manjari, Kasturi Manjari, Manjulali Manjari, Ananga Manjari e outras manjaris. E o que elas fazem ?

   Estão massageando os pés de Radhika, dando-lhe noz de betel, arrumando seu vestido, arranjando seu cabelo, dando-lhe água, qualquer serviço que seja  necessário. Apesar de Lalita e Visakha estarem lá, elas sempre hesitam em ir quando Radha e Krishna estão juntos. No entanto, as manjaris nunca hesitam. Elas vão e servem Radha e Krishna em qualquer situação.
   Então, quem tem avidez por este tipo de serviço e seguindo Srila Rupa Goswamipada neste mundo e seguindo Rupa Manjari, eles são chamados sadhakas rupanuga em madhurya rasa.

 Todos raganugas estão neste mundo e todos os rupanugas estão neste mundo. Todos rupanugas são raganuga, mas nem todos os raganugas são rupanugas. Aquele que  segue exclusivamente Srila Rupa Goswamipada e Rupa Manjari  é chamado de rupanuga.
 
 
 
 
Relato de Srila Bhaktivedanta Madhava Maharaja do encontro que houve entre os devotos puros:  Srila Gour Govinda Maharaja e  Srila Narayana Maharaja .

Quando Radhika está na casa de seus sogros Jatila e Kutila (são a mãe e irmã, respectivamente, de Abhimanyu, o "chamado marido" de Shrimati Radharani nos passatempos de Krishna). suspeitam dela ou não?


  Srila Gour Govinda Maharaja fez essa pergunta para Srila Gurudeva Narayana Maharaja.
  Gurudeva disse: "A cada passo dela (Radha), elas estão suspeitando ". Então Gour Govinda Maharaja disse: "Pode dar alguns detalhes ? "

  Gurudeva contou o seguinte passatempo.

  Radhika costumava ir ao Surya Puja, a adoração do deus Sol. Chandravali costumava adorar Gauri Devi. Quem quer que tenha ido ao parikrama de Govardhana sabe que pouco antes do Govinda Kunda há um kunda chamado Sankarshana Kunda. Fica no lado direito quando você está vindo de Dana Ghati. No lado esquerdo, cerca de meio quilômetro mais abaixo é Gauri Kunda. Chandravali costumava adorar Gauri Devi lá, e, ocasionalmente, Krishna se reunira com Chandravali lá. Radha Kunda é o lugar de Radha Thakurani . E perto do Radha Kunda está Surya Kunda onde Radhika costumava ir para adorar o deus Sol. Então, por que elas estão adorando Gauri ou o deus Sol? Porque elas estão fazendo passatempos  humanos.
  Então Jatila enviou Radhika, Lalita, Visakha e outras sakhis para irem adorar o deus Sol. Mas elas foram lá, e em vez disso realizaram passatempos balançando com Krsna.

 Depois elas praticaram esportes aquáticos com Ele. Em seus esportes aquáticos elas fizeram uma aposta. Se Krsna perdesse o jogo ele teria que dar sua flauta para as gopis. Se as gopis perdessem, elas teriam que dar suas pulseiras. Então os esportes na água começaram. Krsna foi tão forte que ele derrotou todas as gopis sozinho. Madhumangala e Krsna estavam rindo e Madhumangala disse: "Agora Krsna tome as pulseiras  das gopis, vá para Mathura e venda tudo isso e traga pala sita, os doces de açúcar". Madhumangala gostava muito de doces.
 As gopis  ficaram  muito perturbadas ouvindo Madhumangala dizer essas coisas. Então eles jogaram novamente e desta vez as gopis ganharam de Krsna. Em seguida, as sakhis disseram: "Tome a flauta dele. Dê a Madhumangala e ele vai vendê-la em Mathura e trazer doces de açúcar .

  Então Radhika disse: "Não, não, não. Ele está dizendo sita-pala . Sita-pala tem dois significados, significa doces de açúcar ou  pedra branca. Lalita, vá ao topo da colina de Govardhana, lá tem muitas pedras brancas , trazei-as e jogue-as na cabeça de Madhumangala, então ele pode ter sua sita-pala".
 Madhumangala ficou muito preocupado e pensou, " Oh meu Deus, elas vão jogar na minha cabeça e me machucar !".

 Depois as gopis se lembraram : "Oh, nós temos que ir para Surya puja, o que fazer? "
 Um dos papagaios de Krsna disse: "Jatila já está lá em Surya Kunda ". Então, todos elas ficaram muito preocupadas e enviaram Radhika, Visakha e outros para o Surya Kunda .

 Ao chegar Jatila disse: "Oh, por que você chegou tão tarde? "
 Radhika disse: "Oh, nós fomos tomar banho em Manasi Ganga por isso chegamos um pouco tarde".

 Jatila disse: "Onde está Kundalata e Lalita ?”

 Visakha disse: "Oh, hoje não foi possível encontrar qualquer brahmana para a adoraração. Então, elas estão à procura de um brahmana e em breve elas devem estar aqui".

 Então Krsna sob o disfarce de um rapaz brâmane chegou junto com Kundalata e Lalita. Lalita disse: "Oh Jatila, hoje estamos completamente cansadas .Procuramos por todos os lugares. Íamos abrir mão de qualquer esperança de fazer Surya puja. Então, finalmente encontramos um sacerdote, ele é muito qualificado e um querido discípulo de Gargacarya. Ele não queria vir, porque  disse que não iria fazer puja para senhoras. Mas de alguma forma eu fiz ele concordar e ele veio".
 Embora Krsna estivesse disfarçado, Sua aura ainda era visível. Jatila disse: " Oh, menino  brâmane , por favor faça uma adoração para minha nora".

 Krsna mudou a voz e disse: "Eu posso fazer, mas eu sou um naisthiki bramacari, por isso é estritamente proibido para mim ver o rosto de uma senhora ou tocar uma. No entanto , se eu não tocar em sua nora,  a adoração não será completa ."
Jatila disse: "Não, não, não. Você pode ver o rosto de minha nora. Você é um brâmane qualificado. Sua voz é tão doce e tão grave. Você pode tocar a minha nora, não há problema ".

Krishna disse: "Não, eu não posso quebrar meus princípios". Jatila disse: "Não , não, não . Você tem que fazer". Ela agarrou os seus pés e disse:" Oh menino brâmane, não tenha um  coração tão cruel ".
 Então Krsna disse, " Ok, deixe-me pensar. Você pode trazer uma grama kusa. Eu posso segurar uma extremidade e ela tocar em outra extremidade . Por isso eu vou tocá-la e não tocá-la também".

 Jatila disse: "Não tem problema, você pode fazer isso".
 Então Surya puja foi passando, e elas tiveram que fazer reverências para o deus do Sol e, em seguida, acamana, gandha, Snana etc. Krsna disse a Radhika , "Ok, por favor, ofereça algumas flores com o mantra ‘Om Namah mitriya '. Isso significa que você está dando um lugar para ele se sentar ."

 Mitra é um nome de Surya , mas também significa amigo. Então Krsna estava realmente dizendo a Radhika : "Eu sou Seu amigo, melhor você fazer reverência para Mim". No entanto, Jatila não conseguia entender isso.
 Krsna disse: “Você deveria dizer idam acamaniyam ... “ Assim, todos os mantras eram para Krsna, mas Jatila estava pensando que eram tudo para o deus-sol. Todas as gopis sabiam que Krsna estava disfarçado e todos os mantras foram para Ele .

  Depois Krishna disse: "Agora recitem o mantra, depois Om jaya me ... e Radhika o fez.
  Em seguida Madhumangala chegou lá, e elas tinham feito muitos tipos de doces para oferecer. Vendo-os Madhumangala não poderia segurar a sua gula. A saliva começou a sair de sua boca.

 Vendo a chegada de Madhumangala, Jatila ficou chateada dizendo : "Oh, o que  o amigo do menino negro está fazendo aqui? Por que você está aqui?”
  Todo mundo sabia que Madhumangala era o discípulo de Gargacarya porque só os meninos brâmanes estavam naquele grupo. Madhumangala disse: " Eu tenho que  recitar o sukta(poema) ao deus Sol. Meu irmão espiritual  não pode fazer tudo sozinho. Eu tenho que recitar o sukta sol".

 Jatila disse, "Ok". Depois de Madhumangala ter recitado, ele imediatamente começou a comer tudo. Ele não conseguia parar.
  Alguma doação tinha que ser feita. Jatila não trouxe nenhum dinheiro, nem ouro, nem nada, então ela olhou para Radhika. Radhika então deu um de seus anéis de dedo para Jatila e Jatila foi dar para Krsna.

  Krishna disse: "Não! Eu não posso tocar em qualquer coisa de um corpo feminino. Isso é completamente contra os meus princípios religiosos".
 Jatila então disse: "Se você não tomar qualquer dakshina, a adoração será incompleta. O que devo fazer ?"

 Madhumangala disse: "Dê-me isso. Eu sou um brâmane também , e sou o seu irmão espiritual. Dê-me o anel". Então Madhumangala pegou e, em seguida, voltou a comer os ladhus.
 Krsna disse para Radhika: "Agora nós temos que cantar om ..... e enquanto você canta isso, por favor, faça pranams ao deus Sol , faça parikrama , e assim o puja será completo".

 Radhika estava absorta no puja vendo Krsna sob o disfarce de um menino brâmane e todas as gopis estavam muito absortas nesse humor também. Anteriormente as gopis haviam pego a flauta de Krsna e Radhika havia escondido em seu cabelo trançado. Então, quando ela fez pranams, a flauta caiu no chão e fez um som.
 Jatila disse: "O que foi isso ? Que barulho foi esse? "  Imediatamente Jatila pegou a flauta e disse:" Oh! O que é isso?", e ela começou a ficar furiosa! Ela disse: "Por favor, diga a verdade! De onde você tirou essa flauta?"
Radhika disse: "Oh minha respeitada sogra, por que você se tornou tão zangada?"



 Jatila disse: "De onde você tirou essa flauta?"
 Radhika respondeu: "Nós achamos perto de Govardhana. Decidimos que essa flauta é a raiz de todos os males, como aquele sujeito negro que está sempre chamando as gopis com ela e quebrando as suas castidades. Então, discutimos entre nós e decidimos que iríamos jogá-la no Yamuna. Se não houver bambu não pode haver flauta. Da mesma forma, se não houver uma flauta, então Ele não pode tocá-la, e assim Vraja será salva. Por esta razão, ela estava escondida agora".

 Tornando-se ainda mais irritada, Jatila disse: "Você está sempre me enganando e dizendo mentiras ".
Radhika disse: "Não sogra, eu não estou dizendo qualquer mentira".

Enquanto isso Krsna disfarçado como o menino brâmane estava fingindo que não sabia de nada. Ele disse: "Oh, minha senhora, eu posso fazer uma pergunta?”


 Jatila disse: "Sim, é claro. Você pode fazer qualquer pergunta".
Krishna disse: "Eu tenho um pedido. Você, por favor, pode vir aqui todos os dias para ajudar na adoração ao deus Sol com sua nora?".
 Ela disse: "Eu posso fazer isso".

 Então Krsna perguntou: "Por que está tão zangada com a sua nora ? O que aconteceu? Se você não tem problemas em dizer-me, por favor, diga-me francamente. Eu posso ser capaz de conciliar as coisas".
 Então Jatila disse: "Você sabe de Nanda Baba de Vraja ?"

 Krishna disse: " Sim, nós já ouvimos falar de suas glórias em Mathura. Ele é muito famoso em Mathura. Todos em Mathura o respeitam".
 Jatila disse: "Você sabe que ele tem um filho chamado Krsna?"

Krishna respondeu: "Krsna que matou Putana, Aghasura e Bhakasura?"
 Jatila disse: "Sim  sim, sim".

 Krishna disse: " Ah, sim . Muitas glórias! É apenas um pequeno menino e já matou tantos demônios. Todos os Mathura-vasis respeitam muito ele. Eles são amigos dele".
 Jatila disse: "Esta é a flauta que pertence a ele. Quando ele toca esta flauta à noite,  arrasta as Vraja- gopis ... Oh Vishnu, Vishnu, Vishnu ! Eu não posso nem pronunciar com minha própria língua o que Ele faz ! "

 Então Krsna começou a olhar para a flauta. Ele disse: " Posso dar uma olhada na flauta por um minuto? "
 Jatila disse, "Ok".

 Então ela deu a flauta a Krsna. Ele olhou para a flauta de uma maneira como se  nunca a tivesse visto antes e falou: "Ah, então esta é a flauta".
 Jatila disse: "Sim. Se você quiser eu posso te dar essa flauta. Então, pelo menos a raiz de todo o mal vai de Vraja para Mathura. Assim eu posso ficar em paz. "

 Krishna disse: "Ok. Se você não gosta, eu posso levá-la para Mathura sem nenhum problema ".
 Jatila disse: "Sim, sim, muito bom. Você pode levar, não há problema".

Então, Srila Gurudeva disse a Srila Gour Govinda Maharaja que sim, Jatila e Kutila estão sempre duvidando de Radhika.
Relato de Srila Bhaktivedanta Madhava Maharaja

 

 

 

 

Srila Bhaktivedanta Swami Prabhupada era um pastorzinho de vaca (sakhya rasa)?


  
 
 
 
 
 
 
 
  Muitos devotos falaram a Srila Gurudeva que eles achavam que Srila Bhaktivedanta Swami Maharaja é um sakhya rasa, porque ele estabeleceu tantas deidades de Krsna Balarama. Além disso, quando ele ficou doente no Jaladuta, foi uma situação muito grave. Então, naquela época, ele escreveu um poema abordando Krsna aparentemente em sakhya rasa.
  Gurudeva (Srila Narayana Maharaja) disse que ele não estava em sakhya rasa. Ele tomou iniciação sanyasa de Param Gurudeva Srila Keshava Maharaja. O mantra sanyasa não faz parte de sakhya rasa.
  Então eles perguntaram  qual era a forma de Srila Bhaktivedanta Swami Maharaja em Vraja.
  Gurudeva disse,  “Eu não vou lhes dizer. Vocês não estão qualificados para digerir isso. Com o tempo, através de seus próprios bhajanas será revelado em seus corações. Gurudeva nunca disse Chota Vilasa Manjari. Nunca, nunca . Esta pergunta foi feita para Gurudeva tantas vezes e ele sempre dizia: "Não, eu não vou dizer".
 Palavras de Srila Bhaktivedanta Madhava Maharaja

Devoto: Eu ouvi dizer que Gurudeva (Srila Narayana Maharaja) deixou um testamento. Você pode falar algo sobre isso?


    Gurudeva disse que quem vem a este mundo tem que um dia partir. Então, ele disse que não queria que depois que ele se afastasse desse mundo,  que qualquer de seus familiares exigissem a propriedade do math. Assim Gurudeva fez um testamento afirmando que nenhum dos seus  famíliares de nascimento pudesse ter qualquer parcela ou parte do math.
   Portanto, esta foi a sua última vontade. E ele fez isso porque há tantas pessoas neste mundo que podem influenciar e talvez dizer-lhes para fazer um processo judicial. Gurudeva disse que era melhor fazer isso, assim ninguém pode hostilizar ninguém.

   Então nós fizemos isso em Houston, em 2009. Um discípulo de Srila Gurudeva estava lá, eu estava lá, Brajanatha Prabhu também, os dois advogados estavam lá, o proprietário da casa estava lá, e o notário (tabelião) era uma testemunha. Foi feito de forma muito simples e muito bem .

Palavras de Srila Bhaktivedanta Madhava Maharaja

Quais os tipos de discussões temos nesse mundo?


    Srila Jiva Goswami diz que há três tipos de discussão - vada, jalpa e Vitanda.

    Em uma discussão vada a motivação de todos os envolvidos é descobrir a verdade. Este é o tipo ideal de discussão. É para as pessoas que estão sóbrias e imparciais sobre o resultado, elas simplesmente querem saber o que é a verdade da questão. Eles estão no modo da bondade.

   Jalpa é uma discussão em que um não está interessado no que é dito por outros, se tem alguma verdade ou toda a verdade, porque a pessoa simplesmente quer ser ouvida. Qualquer outro ponto de vista ou  contribuição não é de interesse. Este é o caminho para uma pessoa no modo da paixão.

   Uma discussão Vitanda está no modo de ignorância. Nesta versão, a verdade é sem nenhum valor. Um simplesmente quer vencer a todo custo.

Citação de
Srila Jiva Goswami no Sri-Sat-Sandarbha

Qual o significado de Samadhi?


   Muitos anos atrás, o próprio Srila Gurudeva explicou o significado de Samadhi da seguinte forma: sama significa "igual" e dhi significa 'inteligência'.

  Quando um devoto puro parte deste mundo, atingindo um svarūpa como a dos associados de Sri Sri Radha-Krishna, ele alcança a inteligência, beleza, qualidades e assim por diante como a deles.

   A divindade de adoração da nossa paramparā é Srimati Radhika. Quando nossos ācāryas entram em samādhi, eles atingem o Samadhi, ou seja, a sua inteligência se torna semelhante no humor ao de Sri Rupa Manjari e outros associados íntimos de Srimat Radharani, sob cuja orientação  realizam atendimento direto ao Casal Divino.
Esta tradução é melhor do que a original?Sim, enviar traduçãoObrigado pelo seu envio.Please help Google Translate improve quality for your language here.
Explicação de  Sripad Bhaktivedanta Madhava Maharaja

Por que eu não realizo o Senhor Supremo , mesmo depois de 50 anos de bhajan ?


   Relato de  Srila Bhakti Ballabh Tirtha Maharaj em 07 de novembro de 2013.
 
 
 
 

   "Uma vez , Srila Bhakti Dayita Madhav Goswami Maharaj foi ao Punjab e estava engajado em  programas de pregação. Por alguns dias ele havia  dado aulas em um templo de Sita- Ram. Uma senhora tinha vindo em todos os programas e um dia ela fez uma pergunta: "Tenho vindo regularmente a este templo por 50 anos. Eu faço a circumambulação do mandir, participo do kirtan e a cada dia venho para o arotik. Sempre que um sadhu vem, eu venho ouví-los. Depois de tanto tempo fazendo adoração eu não vejo nenhum fruto disto. Ao mesmo tempo, as minhas relações com os membros da minha família e meu apego a eles só tem aumentado . Por quê? “
  Srila Dayita Madhav Maharaj gostou muito desta questão. Ele disse a todas as pessoas presentes: "Esta é uma boa pergunta, de modo que todos vocês devem ouvir a resposta a ela. Vocês também têm vindo há muito tempo e estão na mesma condição que ela. Por favor, venham amanhã e eu vou dar a resposta a todos vocês".
   No dia seguinte, vieram e ele primeiro fez uma pergunta. " Quando estes sadhus vêm, você já fez a eles estas perguntas: Quem sou eu ? Quem são Sita -Ram ? Qual é a minha relação com a Sita -Ram ? " . Ela disse que nunca perguntou isso.
  Um dos nossos Acharyas, Srila Bhakti Siddhanta Sarasvati Goswami Thakur Prabhupada, enfatizava a seus discípulos. "Você deve fazer a sua prática com sambandha. Há uma progressão natural de sambandha (conhecimento e fé em quem somos, o que este mundo é, quem é Sri Krishna, e qual é o nosso relacionamento com Ele), por meio de abhideya (prática espiritual), para prayojana ( o objetivo final). Então, se você está fazendo sua prática  espiritual pensando: ‘Eu sou deste mundo , eu sou  do meu filho , minha esposa, meu pai ‘, então todas as frutos que vêm dessa prática só irá aumentar o seu ego material. Se quisermos progredir, então devemos fazer a nossa prática com o sambandha adequado ‘Eu sou de Sri Krishna, este mundo é a potência externa de Sri Krishna, Sri Krishna é a Suprema Personalidade de Deus. Ele atrai tudo e agrada a todos. Minha relação com ele é como um servo eterno’ ".
  Você pode fazer muito prática, vir ao arotik, participar de kirtan, fazer circumambulação do mandir, ouvir  sadhus, mas se você fizer isso pensando 'Eu sou deste mundo’, o fruto de sua prática irá para o seu ego material.
  Se quisermos progredir , temos de acordar de manhã, ir para a cama a noite, e durante todo o dia lembrar as instruções de Sri Chaitanya Mahaprabhu a Srila Sanatana Goswami. Nós somos de Sri Krishna . Lembre-se Dele e nunca esqueça Dele. Faça Hari-kirtan . Envolva todos os seus sentidos , seu corpo e especialmente sua mente, no serviço a Krishna . Isto deve estar sempre em nossa mente.

Por que mesmo sendo devoto adoeço?

   Enquanto existir , o corpo estará sujeito a influência de mudanças climáticas, doenças e distúrbios naturais, as três espécies de misérias da existência material. Não  podemos evitá-las. Às vezes, recebemos cartas de devotos neófitos, perguntando-nos por que eles adoecem, embora pratiquem  a consciência de Krsna. Eles devem aprender que devem tornar-se tolerantes. Ninguém deve pensar que, pelo fato de ter adoecido, caiu da consciência de Krsna.  A consciência de Krsna pode continuar sem que qualquer oposição material a estorve. Portanto , o Senhor Krsna aconselha no Bg (2.14): "Meu querido Arjuna, por favor esforça-te para tolerar todas estas perturbações. Fixa-te em tuas atividades conscientes de Krsna."
Palavras de Srila Bhaktivedanta Swami Prabhupada